Pesquisar este blog

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

MODELOS RAROS PARTE II

Com o mesmo motivo pelo qual surgiram os modelos mostrados no post "Modelos Raros Parte I", ou seja, a impossibilidade de se ter um modelo importado durante os anos 60, 70 e 80, surgiram também esses modelos.
As raridades que apresento a seguir foram obras de algumas concessionárias Chevrolet que, ao contrário do que acontecia com os modelos Envemo apresentado no post anterior, de mesmo título, podia oferecer seus Chevette transformados com garantia de fábrica. A seguir, apresentarei-lhes dois modelos de Chevette.

O primeiro, um paulistano muito valente, concebido pela Convel, concessionária Chevrolet da Avenida Pacaembu, na capital, comercializado durante os anos de 1976 a 1978, denominado Chevette 1700-C.


O Chevette 1700-C abstinha-se dos cromados (sinal de esportividade à época), possuía teto solar, faróis de milha, bancos altos e reclináveis, vidros elétricos, rodas de liga-leve e outros "luxos" mais... Mas o principal estava debaixo do capô: o motor 1.4 do Chevette teve seu deslocamento aumentado para 1.7 litro (daí o nome 1700-C) e podia ser equipado com um sistema de dupla carburação 40, 44 ou 48 mm. Com essa "pitada" de veneno, o Chevette ficava bem "esperto":  chegava fácil aos 160 km/h (vale lembrar que o carro mais veloz da época, o Alfa Romeo 2300, não chegava aos 170 km/h).

Outro modelo raro vinha da capital paranaense, Curitiba (aliás, a capital onde se concentra um bom número dos Chevetteiros do país, sendo eles os mais aficcionados pelo pequeno Chevrolet... Grande abraço, Curitiba!!!), e era comercializado pela concessionária Chevrolet Dipave, à Rua Marechal Floriano. Era o Chevette Summer Luxo, que esteve no mercado entre 1981 e 1986.





 Sim, meus caros amigos. Trata-se de um modelo conversível, que vinha justamente para suprir uma necessidade de mercado de um país tropical: um conversível barato (que não era tão barato assim, verdade seja dita). Aliás, verdadeiro absurdo hoje em dia não termos um automóvel nacional conversível sequer desde Escort XR-3 e Kadett GSi... Realmente não dá para entender este absurdo: no Brasil, onde temos muito sol a maior parte do ano, não se fabrica um carro conversível; já na Europa, onde, muitas vezes, o proprietário de um conversível só abre a capota uma vez por ano, fabrica-se um enorme gama de conversíveis.
Mas, voltando ao Chevette Summer Luxo, ele era equipado com o mesmo motor do Chevette "de linha", destacando-se apenas pelo fato de ser um "descapotável"... Pois é, mais um segmento de mercado que foi representado (embora numericamente ínfimo) pelo nosso querido Chevette.

9 comentários:

  1. Vc esqueceu do chevette monocromático vinho 1978/1979 Modelo apenas exportação....
    Ficaram muito poucos aqui em terras tupiniquins

    Conheço o meu e descobri outro com muita pesquisa, difícil ate fotos de revista especializadas, na quatro rodas só achei um 4 porta monocromático vinho ....
    Imagina 2 raros em 1, alem de 4 portas, o interior tb vinho ESTE SÓ EM FOTOS MESMO

    ResponderExcluir
  2. eu tenho um 1700-c kkkkkkkkk !!!!! belo

    ResponderExcluir
  3. o valxhall é coisa de loco! queria ter um desses!acho que vou transformar um sr num desses, mas o conversível ñ serve para um pais tropical eu ja tive um escort e era cruzificante aguentar um sol de 30 a 40 graus e uma eventual pancada de chuva no verão quando eu esquecia a capota aberta no quintal de casa.
    Na europa é mais fresquinho e o solzinho agradava tambem!

    ResponderExcluir
  4. tenho um original 1700-c ,unico do Rio de janeiro fotos facebook ricardofortunato ou chevetteiros de anchieta , visitem la vale a pena .

    ResponderExcluir
  5. eu tenho tuba original75 gp com os relogios de fabrica

    ResponderExcluir
  6. raro mesmo era o chevete dl 4 portas e dificil de achar um

    ResponderExcluir
  7. talvez não se fabrica conversível pelo indice de furtos no Brasil.

    ResponderExcluir
  8. Tenho um summer luxo, não troco por nada!!

    ResponderExcluir
  9. Alguém sabe qtos chevettes automáticos e com ar condicionado originais foram fabricados e ficaram no Brasil ?

    ResponderExcluir